Estilo e muito hardcore sobre quatro rodinhas

Publicado: 26/07/2010 em Música
Tags:, , , ,

Skate e música fazem uma ótima combinação. Não acredita? Está aí o No memory card para provar que uma banda de hardcore pode criar sim um estilo de vida. A ideia de fazer um som junto surgiu em 2008 quando os três skatistas Thom, Dudu e Billi resolveram transformar em notas musicais a paixão pela música e pelo skate.

No memory card apresentando o style da banda

O estilo cool de ser é expresso nos cabelos, nas roupas coloridas e nos bonés grandes. Os músicos estilosos já tinham os instrumentos, mas mesmo assim só começaram a ensaiar no segundo semestre de 2009, pois resolveram juntar uma grana primeiro para comprar os equipamentos que faltavam. O som acústico começou a feito na garagem de casa.

Alguns acontecimentos pessoais levaram Billi a se afastar da banda por algum tempo e foi nessa mesma época que surgiu o quarto elemento: Johnas. Atualmente a No memory card é composta por Thom (baixo/vocal), Billi (guitarra/vocal), Dudu (guitarra/vocal) e Johnas (bateria). A gurizada descolada apostou nos sites de redes sociais para divulgar o seu trabalho. Gravaram vídeos dos ensaios e colocaram no YouTube. O cover de Yesterday tem mais de 400 visualizações no canal de Thom. E por falar nele, o baixista concedeu uma entrevista. Acompanhe!

De onde surgiu esse nome criativo da banda?

Eu tinha essa ideia na cabeça há bastante tempo e desde sempre falava que quando tivesse um banda ela iria se chamar No Memory card, sem nenhum motivo maior, apenas por que o nome é legal e me lembra vídeo game e diversão. Ah, e sem falar que é um nome perfeito para uma banda de hardcore.

Vocês se inspiram em que bandas para fazer o som?

As principais bandas que nos inspiram e influenciam são: Blink 182, Mest, Nofx, MxPx, Lagwagon, Millencolin, Sum 41, Goldfinger, Green day, The Early Strike, New Found Glory, The Offspring e Bad Religion.

A banda possui músicas próprias?

Temos músicas próprias, mas oficialmente tocamos somente duas. No papel existem muitas outras e já estão sendo preparadas para estarem o mais breve possível no setlist da banda. Dentre elas as principais são: Eu não quero trabaiá, Gorda baleia, Medo de garotas, Gorda gordo e Cachorro não vê carro. A grande maioria dessas letras foram compostas por mim e Billi, mas algumas também tiveram participação do Dudu.

A banda fazendo sua apresentação no Pop Cult

A No memory card já se apresentou em algum lugar?

Nos apresentamos em abril no Pop Cult , um barzinho alternativo de em Novo Hamburgo. Mas pretendemos fazer muitos outros shows.

E sobre o jeito de se vestir, da onde veio a inspiração das roupas e dos cabelos coloridos e de todo o estilo da banda?

A banda leva muito a sério essa questão de estilo e pode se perceber que cada um tem um toque diferente, seja nas questão das roupas ou no cabelo. A inspiração vem do skate e do estilo Hardcore californiano, mas uma coisa é certa, o estilo de meias altas, camisetas de bandas e bonés grandes nenhum dos quatro abre mão.

Vocês criaram o estilo próprio de vocês?

De certa forma sim, a gente se inspira em bandas que gostamos, mas não queremos “ser” igual elas ou nos esforçamos pra isso.

Qual a relevância que a aparência tem para a sua banda?

A gente procura se sentir bem com nós mesmos e outra, quem não gosta de andar bem vestido?

Desde quando você toca? Da onde veio a paixão pela música?

Bom, sempre sonhei em ter uma banda, tocar, agitar a galera, mesmo não sabendo tocar nada. Comecei a tocar violão no final de 2008, depois passei para a guitarra, até que no primeiro semestre de 2009 comprei meu baixo e desde então, nunca mais o larguei. A História dos outros garotos é praticamente a mesma, o Billi começou a tocar comigo, o Dudu toca desde os 15 anos e o Johnas desde os 13 anos. É, fica bem claro, que todos nós temos a música em nosso sangue e que queremos isso para a nossa vida.

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho dos caras, entre na comunidade do Orkut e assita os vídeos no YouTube.

Post publicado no blog Quatro Frequências, da disciplina de Estágio Multimeios da Unisinos, a qual cursei no primeiro semestre de 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s