Professor aposentado de direito é novo reitor da UnB

Publicado: 15/04/2008 em Opinião
Tags:, , , , , , , , , ,

Roberto Aguiar ficará no cargo por, no máximo, 180 dias. Ele assume no lugar de Timothy Mulholland, que renunciou no fim de semana.

O ministério da Educação anunciou, na noite desta terça-feira (15), que o reitor temporário da Universidade de Brasília (UnB) será o professor aposentado de direito Roberto Armando Ramos de Aguiar. Ontem já havia acontecido um encontro de três horas, mas não conseguiu se chegar a uma definição. O reitor interino poderá permanecer no cargo por até 180 dias.

Ex-secretário de segurança do Distrito Federal e do Rio de Janeiro, e professor titular da UnB durante duas décadas, Aguiar disse, um pouco antes da oficialização de seu nome como novo reitor, que é preciso combater desvios de conduta na instituição. “A gente tem que erradicar dessa comunidade qualquer tipo de desvio de conduta. Ter coragem”, declarou, em sua fala.

O perfil do novo reitor

Aguiar é professor aposentado da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB). Nascido em São Vicente em 1940, no litoral paulista, ele foi procurador geral na gestão do professor Antônio Ibãnez.

Nessa mesma época, tornou-se professor do Instituto de Ciência Política e Relações Internacionais. Depois disso, foi transferido para a Faculdade de Direito como professor titular de filosofia do direito. .

A secretaria de Segurança Pública não é o primeiro cargo político ocupado por Aguiar. Em 1996, foi consultor jurídico do governo Cristovam Buarque nos primeiros seis meses de gestão, assumindo logo depois a Secretaria de Segurança Pública, onde ficou até o fim de 1999. É co-autor do Plano Nacional de Segurança Pública do candidato Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República.

Aguiar tem 42 obras publicadas sobre segurança e direito. Participou da criação da Universidade Estadual do Pará e da Universidade Metodista de Piracicaba. Também contribuiu na primeira experiência brasileira de universidade popular no estado do Pará.

ConsUni

O Conselho Universitário (ConsUni) da UnB decidiu nesta terça indicar ao Ministério da Educação (MEC) uma lista tríplice com nomes para assumir temporariamente o cargo de reitor da instituição até a realização de novas eleições.

Foram escolhidos pelos integrantes do ConsUni, além do professor aposentado da faculdade de direito da UnB, Roberto Aguiar, que obteve 40 votos, a professora do Instituto de Ciências Sociais Lourdes Bandeira (31 votos) e o professor de administração Gileno Marcelino (24 votos). A discussão do Consuni – instância máxima decisória da UnB – durou cerca de duas horas.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, tinha estipulado um prazo, até 18h desta terça, para que a comunidade acadêmica chegasse a nomes de consenso.

Renúncias

Depois de pedir afastamento por 60 dias, o reitor Timothy Mulholland decidiu deixar o cargo em definitivo. O vice-reitor, Edgar Mamiya, que chegou a assumir a reitoria interinamente, também anunciou sua saída no fim de semana.

Mulholland é investigado pelo Ministério Público pela suspeita de uso indevido de recursos públicos da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) para equipar o apartamento funcional em que morava.

Notícia publicada no site G1.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s