Obras devem iniciar imediatamente e levarão 22 meses para serem concluídas

Após muita polêmica e do cancelamento da votação sobre o novo zoneamento ambiental para a silvicultura, o diretor-presidente da Aracruz, Carlos Aguiar, confirmou, na manhã desta terça-feira a construção de uma nova fábrica em Guaíba. Com um investimento de US$ 2,8 bilhões, a nova unidade industrial ampliará a produção das 450 mil toneladas anuais para 1,8 milhão de toneladas no Rio Grande do Sul. A construção da fábrica deve gerar, em seu pico, 7 mil empregos, sendo que 70% serão de pessoas da Região Metropolitana.

As obras devem iniciar imediatamente, e devem estar concluídas dentro de 22 meses. A área de efetivo plantio passará de 75 mil hectares para 164,5 mil hectares, em 32 municípios gaúchos. A empresa também confirmou uma área de 90,6 mil hectares de reserva permanente. Há uma estimativa de que a nova fábrica crie 50 mil empregos na cadeia florestal. O anúncio oficial ocorreu durante solenidade no Palácio Piratini, com a presença da governadora Yeda Crusius.

Aracruz terá centro de tecnologia

Além de confirmar a construção de uma nova fábrica, Aguiar anunciou a criação do Centro de Biotecnologia e Biorefinaria que irá desenvolver formas de aproveitamento de biomassa desde resíduos urbanos até as de origem florestal.

O anúncio ocorre menos de uma semana depois de aprovado o novo Zoneamento Ambiental da Silvicultura. Ele foi aprovado em sessão marcada por discussões entre ambientalistas e integrantes do Conselho Estadual do Meio Ambiente, na quarta-feira passada. O futuro complexo inclui a construção de quatro terminais fluviais.

Notícia retirada do site Zero Hora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s